[Fechar]
Processo Seletivo 2013/2

Galeria de Fotos

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Missão do ICE
A missão das Faculdades Integradas ICE consolida a missão da sua mantenedora, o Instituto Cuiabano de Educação e consiste em:


Por Direção Geral

"Formar cidadãos, através da educação, para atuar de forma transformadora, ética e crítica, no contexto profissional e social".

VISÃO

A visão das Faculdades Integradas foi assim definida:

"O ICE deverá ser centro de excelência nos diversos níveis de ensino, reconhecido pela sua competência e centro de referência nas suas áreas de atuação".

VALORES

Seus valores baseiam-se na organização e na humanidade (éticos e morais).
O ICE valoriza em suas relações organizacionais e humanas o profissionalismo, confiança, competência, respeito, fidelidade, responsabilidade, coragem, desenvolvimento humano e comunitário, parceria e honestidade.

FILOSOFIA DA INSTITUIÇÃO

As Faculdades Integradas ICE assumiram o compromisso institucional de contribuir para promover o desenvolvimento educacional da região através do oferecimento de Ensino Superior nas diferentes áreas do conhecimento integrado à pesquisa e à extensão. Essa meta coloca-se como uma forma de atingir a maioria dos campos profissionais da sociedade. A Instituição entende que, na interação dinâmica com esta sociedade, define os seus campos de atuação acadêmica presentes e futuros.

À Instituição cabe preparar cada indivíduo para compreender a si mesmo e ao outro através de um melhor conhecimento do mundo e das relações que se estabelecem entre os homens e entre estes e o meio ambiente físico e social.

Para garantir sua missão, a coordenação dos cursos organiza o ensino que desenvolve em torno das quatro aprendizagens fundamentais recomendadas pelo “Relatório para a UNESCO, da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI”.

• “Aprender a conhecer” - caracterizado pela busca do domínio dos instrumentos do conhecimento com a finalidade precípua de descobrir, compreender, fazer ciência;

• “Aprender a fazer” - entendendo-se que embora indissociável do “aprender a conhecer”, o “aprender a fazer” refere-se diretamente à formação profissional na medida em que se trata de orientar o acadêmico a pôr em prática os seus conhecimentos, adaptando o atendimento à saúde do ser humano;

• “Aprender a viver junto” - constituindo-se num grande desafio para a área da educação, tendo em vista que trata de ajudar os alunos no processo de aprendizagem para a participação, a cooperação e, sobretudo, para a busca coletiva de soluções para os problemas contemporâneos;

• “Aprender a ser” - integrando as três aprendizagens anteriores e caracterizando-se pela elaboração de pensamentos autônomos e críticos que contribuam na formulação própria de juízos de valor, formando, assim, um cidadão e profissional decidido e preparado para agir nas diferentes circunstâncias da vida.

Para concretizar sua política de formação, as coordenações dos cursos têm como Filosofia:

“Promoção de ensino de qualidade através da criação e desenvolvimento de atividades acadêmicas que considerem os conhecimentos, as habilidades e as atitudes essenciais à formação humana e profissional”.

Tomando como base essa Filosofia, elaboramos os projetos pedagógicos cimentados num conjunto de princípios que configuram sua identidade e expressam sua missão de:

“Servir como elemento de desenvolvimento e construção do saber, criando alternativas de soluções para os problemas postos pela sociedade, referenciando-se na ciência e tecnologia como fator de avanço e progresso da humanidade”.

Essas diretrizes norteadoras requerem estratégias educativas variadas no pensar e fazer acadêmicos da Instituição, que buscará, gradativamente:

• Construção coletiva - expressa na intenção e prática de cada segmento que constitui a Instituição, levando em conta a articulação dialética, diferenciação e integração, globalidade e especificidade;

• Interação recíproca com a sociedade - caracterizada pela educação e desenvolvimento econômico-social sustentável, reafirmando o seu compromisso como potencializadora da formação humana e profissional;

• Construção permanente da qualidade de ensino - entendida e incorporada como processual e cotidiana do ensino superior e da pós-graduação, indagando continuamente sobre:

 Que tipo de sociedade temos e queremos?

 Qual a função da Faculdade diante das novas relações sociais e de produção?

 Qual o perfil do profissional a formar, frente às exigências do mercado de trabalho?

 Em que consiste a formação inicial e continuada de profissionais do ensino superior;

 Integração entre ensino, pesquisa e extensão - buscando a construção de um processo educacional, fundado na elaboração/reelaboração de conhecimentos, objetivando a apreensão e intervenção na realidade, enquanto uma totalidade dinâmica e contraditória;

• Desenvolvimento Curricular - contextualizado e circunstanciado, expressão da concepção de conhecimento, entendido como atividade humana e processualmente construída na produção da vida material.

• Busca permanente da unidade teoria e prática, o que exige a incorporação de professores e alunos em atividades de pesquisa e iniciação científica;

• Adoção de Aspectos Metodológicos - fundados nos pressupostos da metodologia dialética que concebe a sociedade e a educação como dinâmicas, contraditórias e partícipes da construção das relações infra e superestruturais.

Fundamentada na sua Filosofia, missão e princípios gerais, as Coordenações dos cursos traçam as diretrizes didático-pedagógicas para os seus cursos. Essas diretrizes solidificarão e explicitarão a intenção e práticas acadêmicas a serem desenvolvidas na Instituição.


OBJETIVOS DO INSTITUTO CUIABANO DE EDUCAÇÃO

Objetivos gerais:

• Formar profissionais e especialistas em nível superior e pós-graduação, ampliando o espaço de interlocução do ICE com a sociedade particularmente nos campos da cultura, saúde, educação e nas áreas de negócios, dirigindo suas funções acadêmicas de ensino, pesquisa e extensão para atendimento a demandas sociais;

• Otimizar os recursos infra-estruturais, materiais e financeiros, implementando estratégias para utilização plena da capacidade física instalada do ICE;

• Implementar a política de desenvolvimento de pessoas que considere a essencialidade dos profissionais técnico-administrativos e docentes para o cumprimento das atividades afins da Instituição;

• Implementar uma política de democratização da informação por meio do fortalecimento de um sistema qualificado da biblioteca e de acesso ampliando a redes e bancos de dados existentes e potencialmente disponíveis;

• Implementar uma política de responsabilidade social que contemple o compromisso com ações de inclusão social e promoção da cidadania; a defesa do meio ambiente; o compromisso com ações que promovam o desenvolvimento econômico sustentável e a defesa da memória cultural, da produção artística e do patrimônio cultural.



 

Busca:

Últimas Notícias

    Copyright © 2004 - 2015 Instituto Cuiabano de Educação - Todos direitos reservados. Av. Europa, nº 63 - Jardim Tropical - Fone Fax: (65) 3314-2100
    Desenvolvido por:
    Company Trinix Internet